Modelagem matemática aplicada a evapotranspiração de referência para a cidade de Januária (MG)

  • Josué Antunes de Macêdo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG) e Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) http://orcid.org/0000-0001-7737-7509
  • Romário Santos Madureira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - IFNMG e Universidade Estadual de Montes Claros - PPGE Unimontes http://orcid.org/0000-0001-5749-1312
  • Adriana Martins da Silva Castro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - IFNMG http://orcid.org/0000-0002-3575-9696

Resumo

A Modelagem Matemática proporciona modelar situações cotidianas para uma melhor interpretação dos eventos. Contribui, também, com o desenvolvimento acadêmico e busca por soluções a fim de facilitar problemas de áreas distintas. Para melhor aproveitamento dos recursos hidrícos na região do Norte de Minas Gerais, o presente trabalho objetivou-se em determinar a média mensal da evapotranspiração de referência (ET0) pelo método Penman Monteith. O saldo de radiação (R_n) correspondeu a 59; 0% do valor médio da radiação solar global. A variação da evapotranspiração oscilou entre os valores 6,82 mm/dia e 2,57 mm/dia, obtendo o maior coeficiente de determinação com a radiação líquida em que R^2 é igual 0,682. No intervalo entre 3,5 e 5,5 mm/dia concentra-se uma amostra considerável das evapotranspirações de referência ocorrentes em Januária (MG).

Biografia do Autor

Josué Antunes de Macêdo, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG) e Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)
Doutor em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Cruzeiro do Sul (Unicsul). Professor e pesquisador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG) e Professor Colaborador do Progrma de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Brasil 
Romário Santos Madureira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - IFNMG e Universidade Estadual de Montes Claros - PPGE Unimontes

Mestrando em Educação pela Universidade estadual de Montes Claros - Unimontes. Possui graduação em Matemática pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais(2015), especialização em Matemática Financeira e Estatística pela Faculdade de Ciências de Wenceslau Braz(2016). Atualmente é Professor Efetivo do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais. Tem experiência na área de Matemática.

Adriana Martins da Silva Castro, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - IFNMG

Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual de Montes Claros (2003) e mestrado em Física e Matemática Aplicada pela Universidade Federal de Itajubá (2012). Atualmente é professora do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais, Campus Januária.

Publicado
2020-09-18